Inflação fica em 0,24% em agosto, maior taxa para o mês desde 2016, aponta IBGE

Puxado pela alta nos preços de alimentos e da gasolina, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, subiu 0,24% em agosto, abaixo da taxa de 0,36% registrada em julho, segundo divulgou nesta quarta-feira (9) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar da desaceleração em relação ao mês anterior, trata-se da terceiro avanço seguido e o maior resultado para um mês de agosto desde 2016, quando o IPCA foi de 0,44%. Em agosto de 2019, a taxa havia sido de 0,11%.

No acumulado em 2020, o IPCA registra alta de apenas de 0,70%, e em 12 meses, de 2,44%, ainda abaixo do piso da meta do governo para o ano, de 2,5%.

O que mais pesou?
"Pesaram mais no bolso do consumidor, principalmente, a gasolina, que subiu pelo terceiro mês seguido, e os alimentos, que chegaram a registrar certa estabilidade de preços em julho, mas voltaram a subir em agosto. Para as famílias de menor renda, o impacto é maior", destacou o IBGE.

“O arroz acumula alta de 19,25% no ano e o feijão, dependendo do tipo e da região, já tem inflação acima dos 30%. O feijão preto, muito consumido no Rio de Janeiro, acumula alta de 28,92% no ano e o feijão carioca, de 12,12%”, destacou o gerente da pesquisa, Pedro Kislanov.

Outras Notícias

Simone relata ataque de ciúmes em show quando grávida

A cantora Simone, dupla de Simaria, se tornou youtuber e protagoniza vídeos divertidos: no mais recente, respondeu p...

Anitta e Gui Araújo negam boatos sobre fim de namoro

Durante a última segunda-feira (22), as redes sociais ficaram em polvorosa com a possibilidade de que o namoro entre...

Em decreto, Bolsonaro altera data de exoneração de Weintraub

A data de exoneração de Abraham Weintraub do cargo de chefe do Ministério da Educação foi alterada em decreto assina...

Governo revoga MP que dava aval para Weintraub trocar reitores

O governo federal revogou nesta sexta-feira (12) a MP (Medida Provisória) 979, que dava poderes ao ministro da Educa...

Luiz Fux, do STF, afirma que Forças Armadas não são poder moderador

O ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), concedeu nesta sexta-feira (12) liminar em que afirma que as...

Estados e municípios receberam mais de R$ 7 bi para combater pandemia

O secretário executivo substituto do Ministério da Saúde, Élcio Franco, a diretora do Departamento de Atenção Hospita...

Caixa libera saque da 2ª parcela do auxílio para nascidos em março

A Caixa libera hoje (2) as transferências e os saques da segunda parcela do auxílio emergencial para 2,7 milhões de b...

Humorista revolta fãs ao postar foto com minirrespirador contra ronco

Um vídeo publicado por Gui Santana usando um minirrespirador feito para minimizar problemas de ronco e apneia fez co...